ANÁLISES CLÍNICAS

INSTRUÇÕES PARA COLHEITA

ANÁLISES DE ROTINA

  • Jejum de 12 horas;
  • Toma da medicação como habitual;
  • Evitar fazer esforços físicos nas 2 horas que antecedem a colheita;
  • Não fumar;
  • Evitar o café e as bebidas alcoólicas ;
  • Fazer as colheitas aproximadamente à mesma hora, sempre que fizer análises;
  • Tentar estar calmo;
  • Trazer a urina da manhã em recipiente próprio.

URINA DA AMOSTRA (BACTERIOLÓGICA)

Recolher, preferencialmente, a 1ª urina da manhã para um recipiente estéril. Caso não aproveite a 1ª urina da manhã deve aproveitar uma amostra obtida após 2h da micção anterior.

Interferências:  Toma de antibióticos, aplicação de pomadas  com antibiótico na área genital 4 dias antes da colheita

COLHEITA EM HOMENS:

1) Lavar as mãos com sabão

2) Imediatamente antes da colheita, lavar a glande e o meato urinário, com água abundante e sabão (sem desinfetantes).

3) Enxaguar completamente e limpar.

4) Destapar o frasco estéril, evitando tocar com os dedos no interior do frasco e da tampa.

5) Urinar em contínuo, o 1º jato para a sanita, o jato intermédio para o frasco esterilizado (acabado de abrir) e o restante, novamente para a sanita.

6) Entregar o frasco bem fechado, o mais rápido possível, mantendo-o em lugar fresco.

COLHEITA EM MULHERES:

1) Lavar as mãos com sabão

2) Lavar os genitais externos e zonas próximas com água e sabão (sem desinfetantes), da frente para trás.

3) Enxaguar completamente e limpar.

4) Destapar o frasco estéril, evitando tocar com os dedos no interior do frasco e da tampa

5) Urinar em contínuo o 1º jato para a sanita, o jato intermédio para o frasco esterilizado (acabado de abrir) e o restante novamente para a sanita.

6) Entregar o frasco bem fechado, o mais rápido possível, mantendo-o em lugar fresco.

COLHEITA EM BÉBES:

1) Solicitar coletores pediátricos, esterilizados.

2) O adulto deve lavar as mãos com sabão

3) Imediatamente antes da colheita lavar a zona genital da criança, com água e sabão (não usar desinfetantes).

4) Enxaguar completamente e limpar de preferência com gaze ou algodão esterilizado.

5) Colocar o coletor pediátrico.

5.1) No caso dos meninos, o pénis deve ser introduzido na metade superior da abertura do saco. A abertura do saco tem um adesivo autocolante, que não magoa e será colado ao períneo.

5.2) No caso das meninas, a abertura do saco deve ser aplicada na metade superior do órgão genital. Após a colheita retirar o adesivo e fechar, colando metade do adesivo na outra metade.

6- Recolher a urina do saco pediátrico com uma seringa e colocar num frasco esterilizado.

Se o bebé não urinar num espaço de 30 minutos, o saco deve ser substituído por outro, a fim de evitar contaminação fecal, e repetir todo o processo desde o início.

URINA DE 24H

Recolher a urina para um recipiente fornecido pelo laboratório, com ou sem conservante, consoante a análise em questão.

Urinar pela manhã (às 8 horas, por exemplo) e desprezar essa urina na totalidade. Recolher toda a urina das micções seguintes, incluindo a micção ao fim das 24 horas (isto é, às 8 horas da manhã seguinte).

Manter a urina refrigerada e protegida da luz durante a colheita e até entrega no laboratório.

Entregar no laboratório todo o volume de urina.

ÁCIDO 5-HIDROXI-INDOLACÉTICO (H-HIAA)

No dia antes da colheita e durante a colheita não ingerir: bananas, nozes e vegetais.

HIDROXIPROLINA

Nas 24h que antecedem e durante a colheita, não deve ingerir carne e seus derivados, peixe e seus derivados, sopa ou caldo concentrado de carne ou peixe, doces e alimentos contendo gelatina.

ÁCIDO HOMOVANÍLICO

Na véspera e no dia da colheita não deve ingerir vegetais, bananas, baunilha, chocolate, café, chá e nozes.

CATECOLAMINAS / NORADRENALINA (NOREPINEFRINA) / DOPAMINA / ADRENALINA (EPINEFRINA)

Na véspera e no dia da colheita não deve ingerir bananas, café, ananás e nozes.

COLHEITA DE EXSUDADOS, BACTERIOLÓGICOS E MICOLÓGICOS

Em caso de uso de antibióticos ou antimicóticos só efetuar a colheita 5 dias após a última administração.

Exsudado Vaginal, Pesq. Strep B, Chlamydia, Mycoplasma e/ou Ureoplasma:

NÃO PODE: Estar menstruada, lavar a zona vaginal com detergentes, ter relações sexuais 24h antes da colheita, aplicar óvulos ou pomadas locais, usar antibióticos ou anti-micóticos.

Para as análises Chlamydia, Mycoplasma e/ou Ureoplasma, e se for utente grávida, recomenda-se que a colheita seja efetuada pelo médico assistente. O material será fornecido pelo Laboratório.

Exsudado Uretral:

NÃO PODE: Fazer a higiene matinal e ter urinado há menos de 3h.Lavar a zona uretral com detergentes, ter relações sexuais antes da colheita, aplicar pomadas locais, usar antibióticos ou antimicóticos.

Exsudado Faríngeo / Amigdalino / Orofaríngeo:

NÃO PODE: Fazer higiene oral nem comer (no próprio dia), usar antibióticos, antimicóticos ou desinfetantes.

Exsudado Nasal:

NÃO PODE: Assoar-se ou lavar a zona afetada, usar antibióticos, antimicóticos, pomadas, utilização de gotas ou sprays nasais.

Exsudado Ocular / Auricular:

NÃO PODE: Lavar a zona da colheita, usar antibióticos, antimicóticos, gotas ou pomadas.

Exame Bacteriológico (feridas…) e/ou ex. Micológico (faneras – cabelo, pele e unhas):

NÃO PODE: Lavar a zona de amostragem antes de efetuar a colheita, nem tomar antibióticos, antimicóticos e/ou aplicar pomadas na zona da lesão.

ESPERMA

O recipiente deve ser fornecido pelo laboratório. Não usar lubrificantes.

Se for necessário pedir uma nova colheita, o intervalo entre a mesma não deve ser inferior a 7 dias nem superior a 3 semanas.

Espermograma:

O paciente deve ter abstinência sexual (incluindo masturbação) no mínimo nas 48h anteriores à colheita, mas não mais de 7 dias. É preferível que a amostra seja colhida no laboratório por masturbação. Alternativamente, a amostra pode ser obtida em casa do paciente por masturbação, nunca por interrupção do coito, nem utilizando preservativos. Deve entregar a amostra no laboratório no máximo 30 minutos após a colheita, mantendo a temperatura entre 20-40 ºC durante o transporte. Para tal, deve traze-la junto ao corpo, embrulhada por exemplo numa meia ou em algodão. Atenção! Não perder a primeira porção do ejaculado.

Espermocultura:

Não é necessário abstinência sexual. Atenção à contaminação do esperma com urina (diminuição da taxa de recuperação do microrganismo).

FEZES

Parasitológico

Colher as fezes em coletor próprio (tantas amostras quantas o médico indicar, colhidas em dias consecutivos) a quantidade não deve exceder o tamanho de 1 noz, colhendo partes suspeitas. Devem ser enviadas ao Laboratório à temp. ambiente ou sob refrigeração. Recomendar a entrega de cada amostra no próprio dia da recolha mesmo quando tem mais do que uma amostra. Em casa refrigerar, de preferência, na porta do frigorifico.

Se o parasita for identificável a olho nu deve ser colhido e enviado separadamente.

 

Pesquisa de sangue oculto

Recolher as fezes de três dias consecutivos ou de três dejeções diferentes (salvo indicação contrária do médico) para recipientes fornecidos pelo Laboratório e colocar em local fresco (frigorífico). Entregar as amostras em conjunto.

Não é necessária qualquer dieta.

Nota: Se o médico pede duas amostras por dejeção durante 3 dias deve fazer a colheita da seguinte forma:

1º Dia – 1ª Dejeção: Recolher duas porções distintas das fezes e colocar em 2 frascos.

2º Dia – 2ª Dejeção: Recolher duas porções distintas das fezes e colocar em 2 frascos.

3º Dia – 3ª Dejeção: Recolher duas porções distintas das fezes e colocar em 2 frascos.

O utente não deve realizar este exame durante fases de hemorragia provocadas por pólipos e hemorroidal, ou durante o período menstrual. Não ingerir bebidas alcoólicas em excesso. Estável 7 dias refrigerado se a amostra for colhida em colector para sangue oculto (kit) e estável 3 dias refrigerado se amostra colhida para colector estéril.

 

Coprocultura

Fezes do dia (amostra do tamanho de uma noz) em coletor estéril. Das fezes dejetadas retirar uma amostra para o coletor, escolhendo porções purulentas, sanguinolentas, ou com muco.

Nota: Recomendamos a entrega de cada amostra no próprio dia da recolha mesmo quando tem 3 amostras. Se possível as amostras de fezes devem ser colhidas no início da doença diarreica e antes de qualquer tratamento. Não utilizar papel higiénico para a colheita por conter sais de bário que são inibidores.

Interferências: Uso de anti-micóticos e antibióticos e urina.

EXPETORAÇÃO

Lavar e gargarejar a boca com água recentemente fervida e arrefecida. Este procedimento deve ser efetuado ao levantar de manhã.

Colher a expetoração para um recipiente estéril fornecido pelo laboratório. A colheita deve ser efetuada após tosse profunda (desprezar amostras de saliva ou rinorreia posterior).

Conservar a 4ºC até entrega no posto de colheita ou laboratório.

BATALHA: Terça-feira e sexta-feira das 8h30 às 10h30.
PORTO DE MÓS: De segunda-feira a sábado das 8h30 às 10h30.